quarta-feira, 18 de Maio de 2011

Terremoto em Múrcia foi o mais grave da Espanha em 50 anos

Na última quarta-feira, 10 de maio, a província espanhola Múrcia foi atingida por uma sequência de terremotos. O primeiro deles, às 17h05, com magnitude de 4,5 na escala de Richter abalou a cidade de Lorca. O tremor, no entanto, foi seguido por diversas réplicas e a mais grave delas alcançou a uma magnitude de 5,1. O mais grave terremoto registrado na história da Espanha, segundo a Rede Sísmica do Instituto Geográfico Nacional, nos últimos 50 anos.
Os terremotos de maior intensidade no sudoeste da Espanha, como afirma o Instituto Geográfico Nacional, registrados nos últimos 500 anos, atigiram a escala de cinco. O fenômeno, de acordo com especialistas, foi ocasionado a partir do choque de duas placas tectônicas - Península Ibérica e Africana. O movimento contínuo dessas placas da crosta terrestre, conforme explicação científica, é o que transformam o sul da península em uma área sismicamente ativa.
Seus efeitos foram sentidos em Murcia, Albacete e nas províncias andaluza de Almería, Jaén, Granada, Málaga e Sevilla. O técnico de riscos naturais da Delegação do Governo de Múrcia, Sofia Gonzalez, afirmou a impensa internacional que, até o momento, foram encontrados dez mortos, mas centenas de pessoas se feriram a partir dos tremorres.
O número de mortes é inferior ao terremoto que atingiu a província de Granada (Andaluzia), em 20 de abril de 1956, e causou a morte de 12 pessoas. O último tremor com vítimas na Espanha era o de 28 de fevereiro de 1969, no litoral da província de Huelva, que atingiu 7,5 graus de magnitude e deixou quatro mortos. Embora o País registre cerca de 2,5 mil terremotos por ano, apenas 24 deles são sentidos pela população.
Fonte: http://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2011/05/12/823123/voce-sabia-terremoto-em-murcia-foi-mais-grave-da-espanha-em-50-anos.html

Exploração de recursos hídricos

Recursos Naturais
Desde sempre, o Homem, tem vindo a precisar de retirar, da Natureza, recursos indispensáveis à sua sobrevivência. O avanço da ciência e da tecnologia, permitiu ao Homem ter uma qualidade de vida melhor. Mas, com a intervenção Humana, temos vindo a assistir a profundas alterações do equilíbrio natural dos ecossistemas. Com tudo isto, é necessário fazer uma gestão sustentável dos recursos que a Natureza nos dá. Para conseguir essa gestão, temos de defender aquilo que ainda existe para garantirmos o direito a uma vida saudável e produtiva em harmonia com o meio ambiente.
O que são Recursos Naturais?
Um Recurso Natural é tudo o que existe na Natureza e serve para satisfazer as necessidades da Humanidade. Tendo em conta a sua natureza, os recursos minerais podem-se classificar como:
Recursos Minerais; Recursos Biológicos; Recursos Hídricos; Recursos Energéticos.
Podem ainda dividir-se em Recursos Renováveis e Recursos Não Renováveis.
Recursos Hídricos
Os recursos hídricos constituem a quantidade de água superficial e subterrânea que está à disposição do Homem.
A água doce do planeta é utilizada, com grande desperdício, no consumo doméstico, na agricultura e nas actividades industriais.
Cerca de 10% da água utilizada no Mundo destina-se ao consumo doméstico.
Consequências da utilização dos recursos hídricos
            A água, apesar de ser considerada como um recurso natural renovável, pode vir a ser considerado como um recurso limitado.
            Quanto maior for o consumo de água, maiores serão os riscos da qualidade da água diminuir.
“A água é um património que é necessário proteger, tratar e defender como tal.”
Reflexão: Com este post tentamos dar a conhecer mais um pouco sobre os recursos naturais e focamo-nos sobretudo nos recursos hídricos.

Impacto da actividade mineira

Principais impactos ambientais

Poluição atmosférica:

A cementação do minério resulta na emanação de gases sulfurosos para a atmosfera.

Contaminação química da água e do solo:

Exploração mineira
              
Oxidação de minerais sulfurados
              
Ácido sulfúrico e óxidos de ferro
              
Acidificação do meio
              
Aumento da dissolução dos elementos químicos tóxicos
              
Aumento da mobilidade (lixiviação)

Perturbações ecológicas:

Perda de habitat devido a:
Escavações;
Construção de infra-estruturas;
Conversão de bosque em estruturas de carácter agrícola e pastoril.

Incapacidade de desenvolvimento de uma cobertura vegetal espontânea
              
 Aumento da erosão

Perturbações paisagísticas

Acumulação de produtos estéreis e rejeitados da extracção.


Reflexão: Com este post aprofundamos a exploração mineira bem como os seus impactos na Terra.

Exploração mineira

É um termo que abrange os processos, actividades e indústrias cujo objectivo é a extracção de substâncias minerais a partir de depósitos ou massas.
Antigamente a exploração seguia critérios económicos não tendo em conta os problemas para com o ambiente e a saúde pública.


Reflexão. Com este post tentamos dar a conhecer um pouco o que é a exploração mineira e iremos desenvolver mais á frente.

Recursos Minerais

São substâncias naturais formadas por processo geológicos que, ocorrendo na crosta terrestre com uma concentração superior á média, podem ser economicamente exploráveis.
Dentro dos recursos minerais temos os energéticos, metálicos e nao metálicos.
Os energéticos são os recursos minerais utilizados para a produção de energia energética, calorifica e mecânica.
Exemplo: Petróleo, carvão, etc.
Os metálicos sao os recursos minerais explorados para a obtenção de um determinado elemento metálico que faz parte da sua constituição.
Exemplo de metais: Ouro, Prata, Cobre, etc.
Os não-metálicos são recursos que podem ser designados por minerais e rochas industriais, constituem um grupo muito diversificado, incluindo minerais e rochas que são principalmente utilizados na construção civil.
Dentro dos não-metálicos temos as rochas ornamentais e as rochas e minerais industriais.
Rochas ornamentais: Exemplos: Calcário, Mármore, Granito, etc.
Rochas e minerais industriais: Exemplos: Areia, Argila, etc.
Reflexão: Com este post podemos descubrir e saber melhor quais são os diferentes Recursos Minerais.

fonte da imagem: http://www.biogeo11grupo1.blogspot.com/